Pular para o conteúdo
Home » Tipos de Ouro » Ouro 18 quilates, o que é?

Ouro 18 quilates, o que é?

“De cordão de elite, 18 quilates”… Até músicas famosas na cultura popular brasileira já fizeram menção ao ouro 18 quilates. Sempre que falamos em ouro, já imaginamos sucesso, riqueza, dinheiro e etc. Bom, talvez esse não seja o caso do ouro de tolo, mas isso vamos explicar mais à frente. A verdade é que muita gente já ouviu falar do ouro, algumas poucas já o possuíram e o número é ainda menor quando se fala em quem realmente conhece o ouro. Este artigo busca esclarecer várias dúvidas referentes ao ouro, coisas como: O que é ouro 18 quilates e etc. A seguir você vai conferir: 

  • O que é ouro 18 quilates ? Ouro 24 quilates ? Ouro 12 quilates ?
  • O que é ouro branco 
  • Porque a redução dos quilates é interessante para algumas pessoas 
  • O ouro pode ser fabricado pelo homem? 
  • O que é ouro de tolo 
  • Como o ouro é consumido no mundo 
  • E muito mais
ouro 18 quilates
O que é ouro 18 quilates ? Ouro 24 quilates ? Ouro 12 quilates ? (image from Pixabay)

O que é o ouro 18 quilates ou 18k?

Ouro 18 quilates é um metal composto de 75% de ouro e 25% de outras ligas metálicas. Metais como o cobre, prata ou níquel podem fazer parte do ouro 18 quilates. A ideia por trás da mistura que forma o ouro 18 quilates é simplesmente chegar em um material mais brilhante e resistente.

O que é o ouro 24 quilates ou 24K ?

Ao contrário do que muita gente pensa, o ouro 24 quilates não é o mais procurado pelas pessoas. O ouro 24 quilates é simplesmente o ouro puro, isto é, 100% do material é composto de ouro. Como já mencionamos, a sua fragilidade impede que este metal seja empregado em diversos cenários. As joias, por exemplo, a maioria são em ouro 18 quilates ou até em 12 quilates. 

O que é o ouro 12 quilates ou 12k?

Se você leu com atenção até aqui, já sabe que o ouro 12 quilates é o mesmo que uma liga metálica formada por 50% de ouro e 50% de outro metal, como a prata ou o níquel. O ouro no estado puro não oxida, mas, quando falamos de ouro 12k, é possível que isso aconteça. A partir daí, já podemos entender porque o ouro 18 quilates é visto como o melhor dos ouros: O ouro 18 quilates não é tão puro a ponto de ser frágil, mas nem tão diluído a ponto de ser facilmente oxidável. Apesar disso, é possível encontrar diversas joias de 12 quilates disponíveis para venda.

Porque alguém iria querer a redução dos quilates do ouro?

O primeiro motivo para isso é a fragilidade do ouro puro ou ouro 24 quilates. Ninguém vai querer uma joia que se parte facilmente. É importante destacar que 50% do ouro disponível na superfície da terra é usada em joias (tipo ouro 18 quilates) . Os outros 50% são divididos em investimentos e indústrias, respectivamente 40% e 10%. Outro aspecto, talvez não tão importante assim, é a coloração do ouro, a depender do outro metal que vai ser usado para formar a liga, a cor do ouro pode mudar bastante. 

O último e certamente o aspecto mais importante é o aspecto econômico. Joias com menos quilates são mais acessíveis ao mesmo tempo que não perdem tanto o glamour do ouro. Sendo assim, o ouro mais conhecido para joias é o 18 e 12 quilates. 

O que é o ouro branco? 

Muita gente pode pensar que o ouro branco é algum tipo de anomalia ou apenas um apelido atribuído para um outro tipo de metal. A verdade é que de fato estamos falando de ouro, mas trata-se do ouro combinando com a prata. O ouro branco é bastante procurando em joias como o ouro 18 quilates, mas não é necessariamente uma liga metálica rara. 

Muitos aspectos podem contribuir para a definição do preço do ouro branco, entre eles, obviamente, a quantidade de ouro e a quantidade de prata. Se falando de joias, o aspecto artesanal também pode influenciar. Se estivermos falando de algum tipo de corrente com desenhos especiais, isso pode influenciar bastante o valor do item. 

Existe ouro sintético ou ouro fabricado pelo homem?

Você provavelmente já ouviu falar sobre Alquimia ou sobre a Pedra Filosofal. A Alquimia é uma prática ancestral que buscava a criação de ouro a partir de outros materiais. Os alquimistas acreditavam que através de um elemento raro chamado Pedra Filosofal seria possível transformar praticamente qualquer coisa em ouro. Atualmente a Alquimia não é levada a sério e a Pedra Filosofal é considerada apenas um mito. Curiosamente, cientistas do século 20 conseguiram fabricar ouro (quase como o ouro 18 quilates). Na verdade, isso aconteceu mais de uma vez. 

O primeiro caso aconteceu em 1924. foi orquestrado pelo físico japonês Hantaro Nagaoka. Nagaoka foi capaz de sintetizar ouro a partir de mercúrio com um processo chamado bombardeamento de neutros. O segundo caso aconteceu em 1941 e foi orquestrado por uma equipe de cientistas americanos. Este grupo basicamente repetiu o experimento de Nagaoka, apesar de não terem conhecimento do trabalho do mesmo na época. O ouro produzido nesses experimentos foi considerado radioativo. 

Ouro fabricado em um reator nuclear

Atualmente é de conhecimento comum que o ouro pode ser fabricado em um reator nuclear através da irradiação de platina ou mercúrio. 

O que você precisa entender sobre a criação de ouro é que, atualmente, o processo é complexo e dispendioso demais para produzir qualquer quantidade significativa de ouro. Isto é, até então podemos criar ouro, mas não exatamente do jeito que os alquimistas sonhavam. Ao mesmo tempo, não há pesquisadores ou grupos de cientistas buscando métodos mais sofisticados de fabricação de ouro . O consenso na comunidade cientifica é que a fabricação do ouro que conhecemos não é um processo viável. A alquimia está longe de ser levada tão a sério quanto já foi e atualmente está mais ligada ao folclore do que com a ciência.

O que é ouro de tolo ou pirita? 

Você provavelmente já ouviu a música Ouro de Tolo do compositor Raul Seixas. A canção é sobre um homem que conquistou tudo o que queria e que é bem sucedido pelos padrões da sociedade, mas ao mesmo tempo não é realmente feliz. Podemos interpretar a música da seguinte forma: Um homem conquistou algo de valor, mas que na verdade não é tão valioso assim.  

E é exatamente isso que é a pirita. A pirita é um dissulfeto de ferro que tem o brilho e a cor do ouro, mas não é ouro 18 quilates, sendo assim apelidada de ouro dos tolos. A verdade é que a pirita realmente pode conter pequenas quantidades de ouro. E em alguns casos essa quantidade pode ser grande o bastante para ser considerada valiosa. 

A pirita pode enganar os mais leigos e não chega nem perto de ser tão valiosa quanto o ouro. Este material já enganou muita gente e ganhou fama na cultura popular. Ouro de tolo também pode ser apenas uma expressão que quer dizer que um objeto ou uma situação que pareciam ser benéficos, na verdade são ruins ou prejudiciais. 

Como o ouro é consumido no mundo 

Ao contrário do que muita gente pode pensar, o ouro não está sendo consumido de forma concentrada pelos países da Europa. Essa linha de raciocínio faz sentido, especialmente para os brasileiros. Afinal de contas os portugueses levaram grandes quantidades de ouro do Brasil. O mesmo aconteceu entre os exploradores espanhóis e algumas regiões da América do Sul. Mas a verdade é que nos últimos anos, países como China e Índia consumiram quantidades muito mais significantes de ouro do que muitos países ricos da Europa. 

Lembre-se que o ouro é usado da seguinte forma: 50% joias, 40% investimentos e 10% indústria. No topo disso tudo, a China é o maior produtor de ouro do mundo desde 2007. 

Considerações finais sobre o ouro 18 quilates

Bom, isso é tudo sobre ouro 18 quilates por hoje. Se você tem interesse no assunto, marque o nosso website como um dos seus favoritos no seu navegador. Teremos muito mais conteúdo vindo sobre o ouro. Além disso, temos um blog com vários artigos sobre o assunto. Nosso objetivo é trazer as informações mais relevantes sobre o ouro para o público brasileiro e português, portanto, se ouro faz parte do seu interesse pessoal, este website pode se tornar um dos seus portais favoritos. Sinta-se livre para entrar em contato com a nossa equipe em caso de dúvidas ou sugestões.